Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

É Isto Solidariedade?

 

Na pinguinolândia, uma das pinguins resolveu fazer rifas com o intuito de angariar dinheiro para enviar para um país com graves dificuldades económicas - como se o nosso país também não as tivesse! - e onde estão outras pinguins pertencentes à irmandade.

 

As crianças andaram muito entusiasmadas e empenhadas: ofereceram alguns brinquedos seus, trouxeram várias coisas de casa (algumas delas novinhas em folha, com etiqueta e tudo, que foram directamente para os sobrinhos das pinguins, de certeza!) e apelaram aos professores que comprassem umas rifas para ajudar os pobres.

 

Haviam rifas de diferentes valores: dos 50 cêntimos aos 5 euros. Eu, contrariada a convite/pedido dos miúdos, fui com eles comprar as rifas. Eles é que escolheram a modalidade: 2 rifas de 50 cêntimos.

 

Hoje, estava eu a dar a minha aula, quando fui interrompida pela trilionésima vez, pela pinguim-titular que foi distribuir tarefas às crianças pois iria ausentar-se o resto da tarde. A pinguim "cuspiu" entre dentes que ia comprar ???? com o dinheiro das rifas. Eu não entendi nada do que ela disse mas achei estranho ela ir utilizar o dinheiro.

 

À hora do lanche, comentei com uma colega minha que estava tudo silencioso, pois a pinguim-mor não estava lá. E acrescentei que a pinguim tinha ido à compras e devia ter levado a boss. E foi aí que a minha colega me disse " ah, então foram as duas comprar o Menino Jesus com o dinheiro das rifas para mandar para XXX."

 

Bom, caiu-me tudo ao chão!!! Aquelas safardanas andaram a enganar o pessoal todo a dizer que o dinheiro era para enviar para XXX quando afinal era para comprar um Menino Jesus que vai chegar todo em pedacinhos!!! Não seria muito melhor enviar o próprio dinheiro ou outro tipo de bens alimentares?! O Menino Jesus deve alimentar muitas bocas famintas, realmente...

 

Maldita hipocrisia e cinismo. E é isto que me dá volta ao estômago... :/ Nunca mais levam um tusto meu, é o que é!

Desolada...

Lembram-se do cãozinho que acolhi da rua? Pois é. Não posso ficar mais tempo com ele e não consigo arranjar um dono para ele ou alguma associação que o aceite.

 

Já telefonei para algumas associações de animais e a resposta é sempre a mesma "estamos completamente cheios, não podemos aceitar mais animais". As pessoas com quem falei aproveitam sempre para desabafar alguma situação recente.

 

Compreendo perfeitamente que as associações estejam a abarrotar de animais pois a quantidade de animais abandonados é gritante. Inclusivamente há pessoas que têm a coragem de mandar os animais através dos muros!

 

Depois começo a pensar como é que as associações de animais conseguem aguentar-se com tantos encargos às costas. Sim porque os animais têm de comer, fazer a sua higiene e serem tratados das suas maleitas.

 

Não era nada mal pensade se cada um de nós contribuisse com qualquer coisinha para uma associação que nós conheçamos ou esteja perto de nós. Com cerca de 1 ou 2 euros podemos comprar ração seca ou húmida, detergente, arroz, etc. Se calhar até podemos dispensar este 1 ou 2 euros dos nosso orçamento, por exemplo, bebendo menos dois cafés e fazer uma acção de caridade para com os bichinhos. Eles agradecem muito e nunca se esquecem de quem é amigo deles.

 

Pensem nisso!